Se você pudesse enviar uma carta para alguém que você ama muito, o que você escreveria nela?

Os pais dos alunos do 1º ano A receberam e abraçaram este desafio: escrever um pouco sobre como era sua infância, quais eram seus sonhos, relatar brincadeiras e momentos gostosos que tiveram alguns anos atrás. A proposta envolvia sigilo, pois as crianças não podiam saber com antecedência o que estava escrito.

Ao receberem as cartas e realizarem a leitura na sala, as crianças ficaram muito felizes, demonstraram entusiasmo em receber uma carta de alguém que amam muito. Puseram-se a ler com grande interesse, estavam ansiosos para saber o que estava escrito.

carta

Após a leitura, algumas crianças manifestaram o desejo de ler em voz alta para os colegas. A turma se envolveu na atividade e foi possível perceber que os pais revisitaram memórias especiais da infância e que desejam de coração que os filhos aproveitem ao máximo esta fase da vida. Foi muito gostoso presenciar o carinho que os pais têm pelos filhos, demonstrado por meio da escrita.

As crianças conheceram brincadeiras e hábitos que já não se fazem presentes na infância delas, como caçar vagalumes, colecionar papéis de carta e brincar na rua…

Além disso, os alunos perceberam a função social da carta, ou seja, compreenderam que a escrita tem o potencial de comunicar algo, alguém fez uso do que foi escrito, o que lhes incentiva a utilizá-la para o mesmo fim.

Também notaram que há elementos próprios da carta, como o local e a data onde foi escrita, uma saudação, para quem a carta foi endereçada, conteúdo ou mensagem, despedida e assinatura.

carta (2)

Foi muito bom percebê-los tão envolvidos e motivados durante a atividade. Após a leitura, as crianças queriam levar as cartas embora, pois gostaram muito do que estava escrito.

Fica meu agradecimento aos pais pela parceria, pelo carinho e pela dedicação durante a escrita das cartas e o incentivo para que este meio de comunicação se torne um hábito na família… Já imaginou a reação do seu filho recebendo uma carta pelos Correios?

Professora Sandra Graciela Hack Weidle – 1º Ano A.

carta (1)