“Caminhante, são suas pegadas 
o caminho e nada mais;
Caminhante, não há caminho,
se faz o caminho ao andar.”

Antonio Machado

Passando pelo tempo, os estudantes escolhem seus caminhos, constituídos por percepções de aprendizados, conquistas e transformações. Feito grandes heróis.

Numa epopeia escolar, proposta pelas aulas de Língua Portuguesa e Artes, as turmas de 7º ano viajaram com as linguagens, deuses e mitos cantados pelas literaturas – A Odisseia, O Livro das Mil e Uma Noites…

Ao iniciar a trajetória, acenderam-se as dúvidas geradoras de avanços: qual a história mais antiga? Quem a escreveu? Primeiro é poema depois prosa, oralidade depois escrita? Tradução ou original? A Língua Portuguesa é igual aqui e em outros países?

Antes das respostas, a ciência oferece suposições, discussões, testes e refutações como ferramentas indispensáveis ao sucesso das missões. A grande descoberta foi a Língua Portuguesa em suas variantes, construções e intenções – culturais, editoriais, populares e eruditas.

Como resultado da integração das áreas, jogos de tabuleiro foram criados para divertir, concretizar e perpetuar os ensinamentos do trajeto, apresentados na Mostra Cultural, na sala Mitolojogos.

No fim da viagem atracamos em outro ciclo.

Em uma emocionante reunião, as turmas de 7º ano doaram os jogos às turmas de 1º ano. Ali, o reencontro com o início do Ensino Fundamental, o reconhecimento da infância, a partilha e o respeito às diferenças fortaleceram os ensinamentos da jornada.

Parabéns aos estudantes e às professoras Ana Paula Lopes, Carla Figueira, Débora Martins, Rozangela Rodrigues, Sandra Weidle e Silvia Gois por essa travessia.

Francisley da Silva Dias - Professor de Língua Portuguesa.

Mitolojogos (1)

Mitolojogos (2)