O Projeto Pioneiro Antidrogas encerra o ano com chave de ouro. Debates, criação colaborativa de material de conscientização, organização de festas para angariar fundos, campanhas de arrecadação fizeram parte de um ano intenso de aprendizado para os alunos do 6º ao 9º anos do Ensino Fundamental.

Além de uma solidária campanha de arrecadação de donativos durante o tradicional Torneio das Cores, os alunos foram estimulados a participar de uma experiência para lá de enriquecedora. Assim, cerca de cem jovens participaram de visitas a entidades assistenciais para levar as doações e promover atividades com as pessoas beneficiadas por elas.

Um grupo de alunos do 6° ano ficou responsável por animar o dia das crianças da creche Adélia Curi, onde desenvolveram atividades recreativas e musicais. A turma do 7° ano optou por conhecer a AACD, em uma visita às instalações da associação, que trabalha pelo bem-estar de pessoas com deficiência física.

Já os jovens do 8° ano foram conferir o trabalho da Kibô-no-Iê, instituição que abriga pessoas com deficiência intelectual. Lá tiveram o acompanhamento de uma ex-aluna do Pioneiro, Thaís Jorge, hoje estagiária de jornalismo na entidade.

Finalmente os alunos do 9° ano levaram seu carinho aos idosos do asilo Vivência Feliz, com direito a bingo e distribuição de presentes (kits de higiene) gentilmente doados pelas senhoras participantes do projeto PioArt.

“A integração foi marcante entre os alunos, os professores e as pessoas atendidas por estas entidades. Foram certamente ocasiões especiais e emocionantes”, revela a professora Marisa Costa e Silva. “Alguns destes alunos já estão acostumados a participar de ações deste tipo, mas para muitos foi uma vivência totalmente nova e inesquecível”, conclui.

Confiram os registros fotográficos:

Creche Adélia Curi – 6° ano

AACD – 7° ano

Kibô-no-Iê – 8° ano

Asilo Vivência Feliz – 9° ano

Doações das senhoras do PioArt