Conceitos aprendidos em sala de aula ajudam a exercitar a sustentabilidade, o consumo consciente e a poupança

O Pioneiro foi convidado a participar, esta semana, do maior evento de educação da América Latina e um dos principais do mundo, a Bett Educar, apresentando a experiência de seus alunos com educação financeira. A exposição foi aplaudida e bastante elogiada no estande da Dsop, que fornece o material de apoio usado pelo PIO.

Os alunos Aline Yumi Miyabara, Cinthia Ayumi Fukuma, Mateus Eiji Miyazaki Pelegrina e Paulo Davi de O Pires Sobrinho contaram ao público como aplicam conceitos de educação financeira na realização de um sonho bem comum a boa parte dos adolescentes: completar o álbum da Copa do Mundo. Os estudantes explicaram o que consideram para analisar o orçamento, como reuniram as informações para o diagnóstico e como andam as estratégias de troca, de venda e de doação de figurinhas.

feira

“A educação financeira foi o muito importante para que eu me desenvolvesse no esporte, por meio dela pude refletir sobre o que eu deveria fazer para ganhar um campeonato”, disse Aline Yumi Miyabara, referindo-se aos pilares da educação financeira, em que o “sonhar”, é um deles. “Eu achei a experiência de me apresentar bem diferente das que já tive. Acredito que possa abrir portas para outras oportunidades, acrescentou Cinthia Ayumi Fukuma.

“Apresentar essa palestra foi um jeito de colocar meu conhecimento em prática”, disse Mateus Eiji Miyazaki Pelegrina. O colega Paulo Sobrinho valorizou o aprendizado: “Achei muito interessante, pois como diz meu pai, a vida é formada por experiências. Esta era uma experiência que eu ainda não tinha vivido”, afirmou.

Além de trabalhar conceitos matemáticos de forma aplicada, como juros simples e compostos, a educação financeira ajuda a exercitar a sustentabilidade, o consumo consciente e a poupança. “A ideia é que os alunos sejam multiplicadores e levem o aprendizado para fora da escola”, disse Dalva Seiko Suyama Conde, professora de matemática do PIO.

Estudantes do 6º ao 9º ano do Pioneiro recebem aulas de educação financeira com o apoio dos professores de matemática, o que contribui para humanizar a disciplina e motivar os alunos para os estudos. “Mostramos como o conhecimento pode ser útil para a vida como um todo, para uma carreira em qualquer profissão, para o convívio social e para o exercício da cidadania”, disse Dalva.

Acesse o álbum de fotos clicando aqui