O dia 14 de setembro vai ficar marcado na memória de muitas pessoas como um sábado de fortes emoções e belas recordações. A data foi escolhida para abertura da semana de comemorações do nascimento de Michie Akama, educadora que completaria 110 anos no dia 18 de setembro e que deixou como legado a Fundação Instituto Educacional Dona Michie Akama, entidade mantenedora do Centro Educacional Pioneiro.

O evento foi a cerimônia de entrega da medalha “Ordem do Mérito Michie Akama”, premiação criada em 2003 com a finalidade de homenagear entidades e personalidades que tenham prestado notáveis serviços para a fundação. Compareceram cerca de 220 pessoas, entre funcionários, ex-alunos e seus familiares, colaboradores e amigos, autoridades da comunidade nipo-brasileira e de instituições de ensino. Teve início com os discursos de Katuoki Ishizuka (presidente da Diretoria Executiva da fundação), Seizi Oga (conselheiro da entidade) e da senhora Chiaki S. Takase (em nome das ex-alunas da fundação).

Na sequência foram feitas três homenagens:

À professora Elza Babá Akama (diretora Honorária do Centro Educacional Pioneiro), em reconhecimento a uma vida inteira dedicada à escola.

Ao engenheiro Mário D’Anna Mendes, responsável técnico pela construção da quadra poliesportiva e do atual edifício escolar do Centro Educacional Pioneiro, que voluntariamente realizou este trabalho com dedicação e competência.

Ao vereador Aurélio Nomura, em gratidão pela denominação da Praça Michie Akama, e pelas obras de revitalização do logradouro.

Em seguida Edson Akama (secretário do Conselho Curador da fundação) explicou o objetivo da medalha e a partir de então houve a entrega para as cinco personalidades eleitas em 2013, agraciadas com a homenagem:

Mine Uchida: presidente da Associação das Antigas Alunas de Dona Michie (Dossokai). Foi representada pela sua filha Júlia Uchida.

Tomoe Suzuki: ex-professora do curso de corte e costura da fundação.

Tomiko Kimura: ex-professora do curso médio de Língua Japonesa da fundação.

Seizi Oga: ex-diretor da Faculdade de Farmácia da USP.

General Akira Obara: primeiro militar de ascendência japonesa a ser promovido a General do Exército Brasileiro.

Seguiram-se mais dois discursos: Antônio Akama (filho da fundadora e presidente de honra da fundação) e Noriteru Fukushima (cônsul Geral do Japão em São Paulo).

Para finalizar, a apresentação musical do Coral do Grupo Escoteiro Caramuru e um coquetel de confraternização, com a inauguração do Painel – Linha do Tempo Michie Akama (desenvolvido pela Diretoria Executiva da fundação, sob a coordenação de Maria Rita Marinho e com assessoria da professora Vera Lucia de Felice e de Regina Chiga Akama).