De arrebentar a boca do balão

festajunina2017-1Mais uma vez, a tradicional festa junina do Pioneiro foi um enorme sucesso! Os balões (que não subiram, claro), enfeitaram toda a escola, recepcionando mais de 3 mil e 500 pessoas para as brincadeiras, as danças e os irresistíveis quitutes.

Muitas brincadeiras, muitas trancinhas e bigodinhos, muitas emoções, muitas gostosuras, muitas fotos e vídeos… mais uma vez, a tradicional e animadíssima festa junina do Pioneiro trouxe muitas e muitas alegrias à comunidade escolar. Pais, funcionários e estudantes não só se confraternizaram, mas batalharam ombro a ombro pelo sucesso de um trabalho que divertiu educando. Ou alguém duvida que montar barracas, desenhar cartazes, preparar quitutes, vender cartelas para sorteio, entre tantas outras tarefas em que as crianças e os jovens se envolveram, sejam práticas que estimulam o trabalho em equipe, o pensamento espacial, o senso organizativo, o relacionamento com o público?

O resultado: sucesso total! As barracas de atrações, as danças, o bingo, comes e bebes foram concorridos por um público de mais de 3500  pessoas que passaram pela escola durante todo o dia. Centenas de flashes registraram encantadoras cenas de caipirinhas de olhos puxados e de olhos não puxados, mãos dadas, dançando com tanta graça na quadra.

Garfos e hashis

Das panelas e assadeiras, surgiam delícias típicas que iam do bolo de fubá do interior paulista ao famoso Yakissoba preparado pela equipe de alimentação do Pioneiro. Mas chamava ainda mais atenção um espetáculo raro: dezenas de familiares, grelhando guiozas ou vendendo brigadeiros, se mostravam alegremente engajados e comprometidos com a instituição à qual confiam seus filhos (e netos!). Uma prova concreta de que o caminho da boa educação começa com uma parceria verdadeira entre escola e família.

festajunina2017-2

De camiseta “verde não me perca na neblina”, formandos do 9º Fundamental e do 3º Médio e seus pais literalmente brilhavam entre a multidão. Os pais levavam no peito um crachá com o próprio nome e o nome da filha ou do filho, como dizendo: “Eu estou ao lado do meu filho em mais esta etapa da sua educação”.

Um momento de orgulho geral foi a homenagem aos 61 medalhistas do Concurso de Matemática Canguru. Também receberam um agradecimento especial os vencedores da maratona de arrecadação de prendas.

festajunina2017-4

Mas foram tantos momentos inesquecíveis que, mais do que traduzir em palavras, o melhor é conferir as belas fotos dessa festa que foi de arrebentar a boca do balão!