Em uma visita à Ilha do Cardoso, os alunos das turmas do 7 ° ano puderam percorrer uma região com uma rica biodiversidade, permitindo um estudo sobre vários sistemas como mata atlântica, restinga, praia e costão rochoso.

Além do lado educativo, a atividade proporcionou momentos de muita diversão para o grupo, que literalmente entrou na lama nos mangues. Como resultado, dezenas de roupas e calçados ficaram manchados e possivelmente ficariam encostados nos armários.

Mas eram peças novas e em ótimo estado de conservação e o que para alguns já estaria “aposentado”, para outros poderia ser útil e muito bem-vindo. E assim foi! O grupo decidiu doar algumas camisas, calças e tênis para um abrigo local e a iniciativa fez a diferença para um grupo de crianças assistidas pela entidade.

doação (1)

doação (2)

“Fiquei muito feliz com essa atitude dos nossos alunos e acredito que nós, educadores, devemos estimular essas ações solidárias. Mas tomando o cuidado para não criar aquela caridade falsa e vaidosa, e sim regando aquela semente que todos nós carregamos: a vontade de ajudar o próximo em condições mais difíceis, sem afetação ou falsa emoção, e com a sensação de que fazemos algo de útil para nossos semelhantes”, comemora o professor Renato Luginick, um dos organizadores da atividade. “Ajudar o outro é ajudar a si mesmo”, finaliza.

Confiram alguns momentos da viagem: