Turmas de 1º e 2º anos do ensino médio do Pio visitaram Cananéia e Marujá, área cercada pela Mata Atlântica e inserida no Parque Estadual da Ilha do Cardoso, que tem seu uso e ocupação restritos. Cerca de 5% de sua área total encontra-se antropizada e é ocupada por comunidades caiçaras e indígenas. As atividades da população local restringem-se à pesca e ao turismo ecológico, que permite um convívio harmonioso e sustentável entre o homem e o meio ambiente, evidenciado pela exuberância da vegetação observada ao longo de todo o parque. Os nossos alunos foram acompanhados pelos professores Hiakuna, Kenia e Andrés, que nos contam como foram esses dias de aprendizado e imersão:

“Como Cananéia e Marujá se organizam para viver?

Para responder a essa pergunta, nossos estudantes vivenciaram novas experiências e emergiram em outra forma de estudar e aprender. A nossa primeira parada foi em Cananéia para o almoço e, em seguida, as atividades começaram! Nossos alunos realizaram uma série de entrevistas com moradores e comerciantes da cidade questionando sobre o seu modo de vida e a economia local. Em seguida, pegamos um barco e após quase três horas navegando, chegamos ao nosso destino, a Vila de Marujá, onde ficamos por dois dias, fazendo trilhas, conhecendo a história, a geografia, a biologia, a cultura do lugar, além de ter contato com ambientes típicos de Mata Atlântica bem preservados: manguezal, áreas de floresta e o costão rochoso, podendo verificar in loco assuntos tratados em sala de aula.

ilhadocardoso2017

Lá, conheceram uma escola multisseriada, isto é, crianças do 1º ao 5º ano do ensino fundamental estudam juntas, em uma única sala e com uma única professora. Nossos alunos interessaram-se por essa situação escolar que desconheciam e fizeram algumas perguntas para a professora e para os alunos. Além da “descoberta” desse formato de escola, eles também se depararam com uma outra realidade diferente da capital, o meio de transporte para chegar à escola não era o carro ou o ônibus, era o barco escolar!

Esse estudo do meio trouxe grandes ganhos para nossos alunos, pois além do aprendizado relacionado ao desafio do estudo do meio, há também o aprimoramento humano, o respeito pela vida e pelo próximo.”

Confira as fotos da galera.