Desempenho acima da média rende medalhas a alunos e reconhecimento especial a professora do Pioneiro

O Centro Educacional Pioneiro tem o prazer de compartilhar com seus alunos, familiares e toda a comunidade escolar o excelente resultado obtido na 13º Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas e Privadas (OBMEP), anunciado na semana passada pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada. Os alunos do Pioneiro conquistaram oito medalhas, além de nove menções honrosas, e a professora Tatiana de Oliveira Ferreira, foi destacada entre os 15 professores de todo o Brasil com o maior número de alunos medalhistas.

“Estou muito feliz com o meu prêmio e muito contente e orgulhosa com o desempenho dos alunos. Como foi a primeira vez que participamos da olimpíada nesse novo formato, os alunos se dedicaram bastante e esse bom resultado reflete o esforço deles e dos professores, que sempre os incentivaram a superar os próprios limites”, diz Tatiana.

O Pioneiro já acumulou ao longo de sua história mais de 500 medalhas em olimpíadas de conhecimento, em campeonatos nacionais e internacionais. Esta foi a primeira vez que a maior competição estudantil do país contou com participantes do ensino privado e a presença do Pioneiro. No total, 18,2 milhões jovens se inscreveram na OBMEP, do 6º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio.

O bom desempenho das alunas do Pio Camila Mie Nakamura, Emilie Chen e Mariana Eiko Canavarro na OBMEP rendeu um convite para participar da Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM), que aconteceu ainda em novembro.

Em breve, os alunos devem receber uma carta-convite para participar do Programa de Iniciação Científica (PIC), que proporciona um contato mais aprofundado com a Matemática, ampliando o conhecimento científico sobre a disciplina.