Por Maurício Brito*

No mês de junho, a festa junina envolve todos os funcionários, alunos, ex-alunos e famílias.

Durante um período de mais ou menos um mês, os professores de Educação Física mobilizam os alunos que se envolvem na escolha das músicas, elaboração da coreografia, animação nos momentos de erro e superação, confecção dos adereços em parceria com as professoras auxiliares.

Os professores sempre comprometidos, animados e ansiosos com o resultado final da festa, tem um projeto já contemplado no planejamento de aula. As danças que compõem a festa, além de serem um momento de animação entre estudantes e famílias ajudam a desenvolver diversas capacidades físicas como o ritmo, coordenação motora e a expressão corporal vinculadas à cultura popular brasileira.

dança festa junina

Cada segmento teve sua característica predominante: a Educação Infantil com a pureza dos movimentos, o Ensino Fundamental I com a alegria e a beleza dos adereços, o Fundamental II com a construção da coreografia e, apesar da timidez, característica da fase, fechando com a tradicional quadrilha e o Ensino Médio, sob a liderança do 3º ano, com o envolvimento e participação ativa de todos os alunos em uma apresentação diferenciada, demonstrando muita união e organização.

A Educação Física, no ritmo da alegria, tem o árduo trabalho de despertar uma consciência corporal e de preparar nossos alunos para lidar com a exposição em público, enfrentando este momento com muita propriedade, conhecimento e segurança!

 O resultado de todo esse trabalho foi visto e aplaudido por todos.

 Que venha 2018 e novos desafios.

*Maurício é professor de Educação Física