No mês de fevereiro, os alunos das turmas de 5º ano estudaram a rica cultura africana com a união de várias disciplinas. Eles puderam conhecer alguns contos etiológicos africanos em Língua Portuguesa, vivenciar a cultura e os costumes em História e Geografia e confeccionar as famosas máscaras destes povos nas aulas de Artes.

“Para os africanos, as máscaras representam um disfarce místico com o qual poderiam absorver forças mágicas dos espíritos e assim utilizá-las em benefício da comunidade, como na cura de doentes, em rituais fúnebres e em cerimônias de iniciação, casamentos e nascimentos. Servem também para identificar os membros de certas sociedades secretas”, explica a professora Rosália F. Delli Paoli Motta, do 5º D.

Os alunos decoraram as máscaras, pintando-as e procurando colocar o máximo de detalhes e cores que as caracterizavam. Depois colaram papéis e materiais variados, compondo os detalhes do corpo da máscara.