A Educação Física é uma disciplina importantíssima na formação integral dos nossos alunos desde as primeiras fases da vida. No Pioneiro nós a desenvolvemos no Ensino Fundamental I de forma a fazer com que o aluno pense e entenda qualquer atividade física que esteja realizando.

Nossa preocupação é dar um sentido para as atividades, quebrando o famoso rótulo do professor “rola bola”, ou seja, aquele que simplesmente proporciona o material para o aluno e deixa que eles “se virem”. Essa é uma imagem que os bons profissionais da área lutam para derrubar!

Vamos dar um exemplo. Quem nunca brincou de queimada? Que coisa antiga, não? Mas uma simples partida de queimada pode ser disputada com muitos objetivos e conteúdos relevantes na formação dos alunos.

É possível adotar a prática da queimada livre com variações, envolvendo as qualidades físicas básicas de resistência, agilidade, velocidade, coordenação motora, equilíbrio e ritmo, alterando consideravelmente a frequência cardíaca e desenvolvendo os aspectos cognitivos, emocionais e sociais.

O objetivo da brincadeira é queimar o colega com uma bola especial, porém cada parte do corpo assume um valor, que é somado ou subtraído dependendo da parte do corpo. Desenvolve-se então a consciência corporal, a autonomia e independência, a tomada de decisão e a resolução de problemas (veja que é ainda uma atividade interdisciplinar com a matemática)!

Uma variação pode ser a divisão do grupo em dois, transformamos a individualidade em trabalho em equipe. Podemos também alterar a regra e determinar que o aluno tente segurar a bola arremessada pelo adversário no ar, sem deixá-la cair, para salvar sua equipe. Novamente estimulamos o trabalho em equipe. E não apenas isso, mas também a tomada de decisão de se arriscar para salvar o grupo e ainda a compreensão de seu papel de cidadão, sabendo respeitar as regras do jogo, o ambiente de convivência e o espaço de jogo, os colegas de equipe, adversários e o professor.

A avaliação desta atividade é feita no final da aula proporcionando que os alunos reflitam e coloquem suas experiências vividas durante o jogo. É muito interessante ver a avaliação das estratégias de jogo, as tomadas de decisões frente aos problemas a serem solucionados e como eles lidam com a vitória e a derrota.

A Educação Física faz com que nossos alunos pensem e entendam cada passo que estão percorrendo e a importância de transferir este conhecimento para o resto de suas vidas.

Maurício Caires Brito – Professor de Educação Física - Ensino Fundamental I, II e Médio.