internet-segura

A importância de educar para o uso seguro das telas digitais exige, como ponto de partida, que os encarregados de tal tarefa entendam que novos meios são esses e tenham ao menos uma visão geral de como funcionam. As escolas tem atualmente um papel significativo no uso da internet e dispositivos como smartphones, tablets e computadores para educar com os meios digitais, mas é necessário educar também para o bom uso dessas novas interfaces.

O Projeto Ética e Cidadania Digital: escolas interativas e famílias participativas nasceu em 2011 e está estruturado em três vertentes:

• Sensibilização por meio da realização de palestras e debates com alunos, professores e famílias.
• Criação de distintas mídias sobre o assunto, como jogos, vídeos, entrevistas, histórias em quadrinhos, textos jornalísticos, folders, etc.
• Disseminação do conhecimento produzido.

Entre os principais temas trabalhados, estão:

• Compartilhamento de dados pessoais,
• Privacidade,
• Mundo real x mundo virtual,
• Comportamento nas redes sociais,
• Compartilhamento de imagens e vídeos,
• Videogames e games online,
• Comunicadores instantâneos (Facebook Messenger, Whatsapp, Snapchat, SMS)
• Sexting,
• Uso da Webcam,
• Ciberbullying,
• Cidadania digital.

Realizamos palestras direcionadas aos pais, dedicadas a oferecer um retorno sobre os debates realizados com os alunos sobre esses temas. A família é fundamental na atuação digital de seus filhos e essas ocasiões divulgam informações básicas de como os pais, podem, junto com a escola orientar melhor as crianças e jovens.

É papel da escola e das famílias participar e orientar!