Júlia Akamine Hiray e Luíza de Lacerda Toledo – 9B – 2015

Ingredientes:

  • Drogas à solta
  • Governo corrupto
  • População ignorante
  • Crianças sem rumo
  • Desmatamento incontrolável
  • Desigualdade social
  • Educação exterminada
  • Humanidade quase acabada

Modo de preparo:

Com uma população ignorante, adicione várias e várias doses de governos corrupto. Salpique drogas, pobreza, desigualdade e depois deixe essa bela e inofensiva massa descansar. Agora, retire a infância das crianças e misture com a irresponsabilidade dos pais. Logo você sentirá o aroma da desordem.

Aqueça com o fogo da crueldade e destrua, com esse veneno, as florestas que um dia já foram verdes, os rios que uma vez já foram cristalinos e faça com que a população se torne cada vez mais má, fria e sem coração.

Concluindo, com muito cuidado una todos os elementos, adicionando pouco a pouco a sede insaciável de um povo agora quase desumano.

Mas lembre-se, assim que utilizado o caos será irreparável, deixando o mundo sem amor, sem a chama da esperança, sem nada.

É isto que você quer?

___

Descrição da atividade

A partir da leitura do texto Belvedere de Christian Carvalho Cruz, produzir uma reflexão em gênero livre à escolha.