À Juventude

Rua Encantado Cardoso, 888 – Alameda dos Livros

Hollywood – O Mundo Fictício – 28/08/2000

Querida Juventude,

Não sei como você aguenta viver nesse mundo estranho. Como você aguenta crescer? Crescer sem magia? Sem piratas, dragões, príncipes e princesas?

Estou com saudades, já faz um bom tempo que você não vem aqui me visitar…

Agora que você cresceu, só quer saber de vampiros, zumbis e guerras.

Estou morrendo, e só você poderá me salvar. Entre em mim! Se redescubra! Volte a ser o que era, volte a ser criança.

Se você quiser, pode morar aqui nesse mundo fantástico de encantos e magia que um dia você quis viver…

Mesmo que ele não seja perfeito, é especial, é mágico, é encantador! Cheio de esperanças, amor e harmonia.

Eu lembro do seu medo quando ouviu pela primeira vez, a história da Chapeuzinho Vermelho aos 4 e de seu sorriso quando, pela última vez, sua avó lhe disse “… e viveram felizes para sempre!” aos 6.

Por último, peço que me salve, me leia apenas mais uma vez que lhe darei a magia da infância. Lhe darei a boa educação, o respeito ao próximo e o amor verdadeiro.

Te esperarei aqui, onde você me deixou, guardado na estante, bem do lado dos dicionários.

Com saudades,

Seu Livro de Contos de Fadas!

Avenida Ideal, 488

Nanda Handa

(Fernanda Thiemy Ishida – 8º ano A)