Durval Barbosa, professor de Biologia do Centro Educacional Pioneiro, é também professor de cursinho e foi coordenador de curso pré-vestibular especializado em Medicina.
Fernando Isao Kawahara é diretor do Ensino Médio do Centro Educacional Pioneiro.

vestibularO vestibular é uma grande competição. É uma prova de resistência, mais parecida com uma maratona do que com uma corrida de 100 metros. Por isso é importante distribuir bem os estudos durante o ano, como uma preparação para uma corrida extensa, com a cautela de guardar alguma energia para o sprint final.

Aqui no Centro Educacional Pioneiro o currículo do Ensino Médio é distribuído de maneira planejada, para que no último ano seja possível realizar revisões durante o trabalho com as matérias novas e também na aplicação de simulados. Todo o processo é desenvolvido em conjunto entre os professores, diretores, coordenadores e o orientador educacional da escola.

Para formular uma estratégia de treinamento adequada, boas informações são fundamentais. Então vamos às principais técnicas adotadas para que o aluno enfrente o vestibular.

Passar horas em uma cadeira, com a necessidade de alta concentração, exige muito do corpo desses candidatos. Por isso na disciplina de Educação Física os alunos são orientados sobre a adequada preparação física, o que ajuda a lidar também com as situações de tensão típicas dos exames.
As saídas de Estudo do Meio e os trabalhos coletivos são usados como recursos para a ampliação dos horizontes culturais, cobrança cada vez maior em vestibulares. Estas atividades lançam desafios que permitem aos alunos soluções inovadoras e criativas, que podem auxiliá-los nas questões cada vez mais complexas das atuais provas de seleção, que tendem a ser interdisciplinares ou provocam a mobilização diferenciada de conhecimentos.

Para incentivá-los a escrever bem, as professoras de Filosofia e Língua Portuguesa trabalham em conjunto, aplicando os aspectos lógicos e filosóficos na elaboração de uma boa argumentação, que não se limita à prova de redação em si, mas à escrita de uma resposta discursiva.

Nas atividades de laboratório, as demonstrações daquilo que é teoricamente ensinado instigam os alunos a descobrirem os caminhos das ciências. Essas descobertas permitem que realizem os exames com uma visão mais complexa e completa de cada exercício.

Além das atividades em classe, os alunos contam com o apoio de horários de orientação e de plantão de dúvidas, momentos para o auxílio em dificuldades pontuais ou mesmo para aprofundamento de temas de vestibulares específicos.

Os alunos passam ainda por uma orientação vocacional e profissional, com atividades personalizadas e em grupos voltadas para o equilíbrio emocional, importantíssimo para uma boa realização dos exames vestibulares. Complementando todos estes procedimentos, recebem a assistência de um professor tutor, que o acompanhará durante o ano com orientações relativas à organização de estudos e ao seu desempenho acadêmico.

Ao pensar em todos os alunos e ao atentar para as especificidades de cada um, os professores e a equipe pedagógica do Ensino Médio buscam fornecer a cada aluno os elementos para que montem sua estratégia de corrida, concretizando o lema: Ensinando todos, preparando cada um.